Fora o baile: no duelo dos mais ricos, Flamengo sobra e vence Palmeiras por 3 a 0


No papel, era o embate de dois times com ótimos jogadores. Mas quem estava à beira do campo desequilibrou: Jorge Jesus, pelo Flamengo, sabe tirar o máximo de cada atleta. Do outro lado, Felipão, do Palmeiras, parece cada vez mais perdido, apesar do elenco recheado que tem na mão. No duelo no Maracanã, o Rubro-Negro venceu o Verdão por 3 a 0, com gols de Gabigol (dois) e Arrascaeta. O Flamengo sobrou em campo. A vitória dá ao time carioca a liderança com 36 pontos, dividida com o Santos, que tem o mesmo número. O Palmeiras está em quarto, com 30.

Tudo bem que o dono da casa teve um susto nos primeiros minutos. Aos dois, Willian Bigode avançou pela direita e cruzou na área para Matheus Fernandes, que empurrou de peito e marcou para o Palmeiras. O árbitro, no entanto, marcou corretamente impedimento, pela ponta da chuteira de Willian. O Flamengo não perdoou: aos dez, a triangulação Bruno Henrique e Arrascaeta terminou em gol de Gabigol, que encobriu Weverton.

A partir daí, o jogo foi ataque carioca contra defesa paulista. O Flamengo dominou o meio-campo com a classe de Gerson. No ataque, Bruno Henrique endiabrava as pontas. Aos 37, o segundo gol: Bruno Henrique capinou a ponta direita limpando a marcação. Mesmo olhando para o chão ao correr, o camisa 27 soube cruzar na testa de Arrascaeta, que marcou em firme cabeçada. Festa na favela do Maracanã.O segundo tempo foi da manutenção do domínio rubro-negro. Rafinha avançou pela direita e foi derrubado por Diogo Barbosa na linha da área, aos 16 minutos. O árbitro marcou pênalti, e na cobrança, Gabigol bateu lentamente, com ‘nojo’ da bola. De novo, foi para a galera para comemorar os dois gols – e o aniversário de 23 anos, celebrado na sexta-feira.O bom trabalho de Jorge Jesus reflete na arquibancada. Na faixa dos 30 minutos, a torcida resolveu agradecer: ‘Olê, olê, olê, olê/Mister, Mister’. Mais de 65 mil pessoas estiveram no Maracanã para acompanhar a ótima vitória rubro-negra.