Festa para advogados gera polêmica em Nova Iguaçu


A comemoração ao “Mês da Advocacia” de advogados em Nova Iguaçu recebeu uma intimação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio de Janeiro a prestar esclarecimentos sobre o evento, na última sexta-feira que contou com um garçom sem camisa e uma dançarina.

As fotos divulgadas em redes sociais mostram uma mulher seminua vestida de diabo e um homem fantasiado de anjo servindo bebidas na boca dos participantes. Nas imagens é possível ver alguns funcionários da subseção tomavam tequila oferecida pelos dançarinos.

Segundo a seção do Estado do Rio de Janeiro, a festa não foi realizada e nem subsidiada pela OAB-RJ. Eles ainda afirmaram que os ingressos para a comemoração foram vendidos para a subseção de Nova Iguaçu, que tem autonomia para realizar os próprios eventos.

A ordem informou que não foi “consultada ou informada sobre a programação da festa”. A OAB-RJ disse ainda que “eventos comemorativos da advocacia devem ser compatíveis com o decoro da atividade profissional”.