Ex-Ken Humano, Roddy celebra transição: “Não deu certo ser homem”

Figura já conhecida pelas suas tantas cirurgias de transformação, Roddy, ex-Ken Humano, se reivindicou mulher transexual. Após 80 cirurgias plásticas, ela afirmou que as transformações eram uma forma de tentar se adequar a um corpo ao qual não pertencia. As informações são do portal UOL.

“Fiz muitas cirurgias para ser homem. Coloquei abdômen falso, coloquei braço, implante no queixo. Tudo para poder ser mais masculino. Eu nasci homem e fiz várias cirurgias para reafirmar isso. Nada adiantou. Lutei contra a minha natureza, tentei ser homem, mas não deu certo”, conta ela, que é filha de uma brasileira e um britânico.

Apesar de uma vida com muito luxo, já que vive entre a alta sociedade europeia, algo faltava em sua vida. “Me arrependo muito do tempo que demorei para iniciar a transição. Sei que tenho 36 anos muito bem vividos. Viajei o mundo inteiro, já fiz 300 programas de TV em 24 países, participei de duas edições do Big Brother na Europa. Já frequentei Oscar, Globo de Ouro. Tudo isso porque eu era um personagem exótico”, relembra Roddy.

A apresentadora afirmou ainda que nunca quis ser o Ken Humano, quem fazia isso era a mídia. Roddy relembrou que nunca foi feliz assim: “Eu via uma mulher linda no tapete vermelho e queria ser igual a ela! Não queria usar terno e gravata!.

Roddy garantiu: “Estou adorando a vida de mulher! É muito melhor ser mulher do que ser homem”.