Traficantes de Senador Camará explodem caixa eletrônico dentro da favela

Traficantes de Senador Camará a mando de Sabão, líder do tráfico local, explodiram os caixas dentro do Cavalo de Aço com a Coréia, duas comunidades lideradas pelo Terceiro Comando Puro e com a presença de muitos traficantes da Tropa do 31.

Foi um assalto que estranhou muitos moradores, porque dificilmente acontecia um roubo desse dentro de um território dominado pelo tráfico.

Dizem que os traficantes são ligados a Tropa do 31 com a Milícia que está unida em Senador Camará, e provavelmente estariam arrumando recursos para alguma missão da facção.

Vamos aguardar.

POLÍCIA PEDE INFORMAÇÃO PARA PRENDER LIDER DO TRÁFICO DE SENADOR CAMARÁ

José Rodrigo Gonçalves Silva, o Sabão é ligado a facção TCP , terceiro Comando Puro e chefia o tráfico de drogas de Senador Camará, Zona Norte do Rio do Janeiro.

Em janeiro Sabão, conseguiu escapar a um cerco feito por policiais civis da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), Os agentes descobriram uma casa onde o traficante se escondia, na comunidade da Coréia, e seus comparsas facilitaram a sua fuga efetuando disparos contra os policiais e ainda atirando uma granada no blindado utilizado pela DCOD.

Os criminosos usaram objetos conhecido como “miguelitos” a fim de furar os pneus do blindado. Foram apreendidos no local três tabletes de maconha.

Em junho o chefe do tráfico no Complexo de Favelas de Senador Camará, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, teria sido baleado estaria recebendo cuidados médicos no interior de uma das comunidades que domina. A informação é da Polícia Civil. Ele foi ferido durante uma ação da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), com o apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) e Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), que realizaram uma operação nas comunidades Coreia e Vila Aliança para checar informações sobre criminosos que estariam escondidos na região, entre eles Sabão.

Sabão foi atingido durante operação da PM. Boatos surgiram de que ele teria morrido, mas não se confirmou. Uns dizem que ele foi baleado na mão. Outras fontes informam que o traficante foi alvejado no ombro e no cotovelo, A operação policial que deixou Sabão baleado resultou em três bandidos feridos, sendo que dois morreram.

Há relatos de que, na iminência de ocorrer operações policiais ou invasão por parte de facções rivais, Sabão teria determinado toque de recolher na área durante a noite.

Em agosto de 2019, Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), com o apoio do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), prenderam, na Vila Aliança, Anderson Ferreira Cabral, conhecido como GUD, 24 anos. Ele é apontado pelos agentes como braço direito de José Rodrigo Gonçalves Silva, o Sabão, chefe do tráfico de drogas na comunidade.

Os agentes do setor de inteligência da especializada tomaram conhecimento da localização do criminoso após troca de informações com policiais do BOPE, que realizavam uma operação na localidade. Em posse do bandido foram apreendidos um fuzil, uma pistola Glock, com kit de rajada, munições e material entorpecente.

A organização criminosa que domina o tráfico de drogas nessa região é investigada pela DRFA, que apura os crimes de roubos a veículos no entorno da comunidade.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de foragidos da Justiça, favor informar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177