Eduardo Paes admite que pode devolver linha amarela para LAMSA

O prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes descartou o lockdown na cidade em entrevista exclusiva à BandNews FM. Ele disse que o foco da gestão dele será a saúde no primeiro momento. Nesta segunda-feira (30), ele se reúne com o novo secretário de Saúde Daniel Soranz, e divulga as primeiras medidas de combate ao coronavírus e o plano de transição às 14h.

Eduardo Paes também descartou a possibilidade de concorrer ao Governo do Estado em 2022 e disse que vai atuar na prefeitura até o fim do mandato.

Sobre a ciclovia Tim Maia, o político do Democratas afirmou que é favorável a recuperação da via e que vai traçar um plano de contingência eficaz e apresentar dados que justifiquem o uso da ciclovia.

Eduardo Paes também falou sobre o processo de encampação da Linha Amarela. Segundo o prefeito eleito, se for viável para as finanças da cidade, não vê problema na cobrança de pedágio de cerca de R$ 4,00 em um sentido da via como sugerido pelo atual prefeito Marcelo Crivella. No entanto, Paes disse que é contra a Prefeitura assumir a gestão da via porque não há dinheiro em caixa para isso, mesmo sem ter olhado como estão as contas da prefeitura.